Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO




Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
Retrospectiva 2020: três vezes em que a Pesquisa do IF Baiano foi destaque
Atualizado em 18 de janeiro de 2021 às 17:55 horas | Publicado em 13 de janeiro de 2021 às 16:28 horas

Confira os destaques da Pesquisa do IF Baiano em 2020

Compartilhe nas redes sociais:

O ano de 2020 foi marcado pela pandemia da Covid-19 e, mesmo diante da crise sanitária, a Pesquisa do IF Baiano não parou. Ao contrário, foi ferramenta de enfrentamento e busca por soluções. A Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação (Propes) lançou o total de 18 editais de fomento à pesquisa, entre chamadas conjuntas com Proex e outras instituições. Destaque-se desses editais o foco no enfrentamento à pandemia da Covid-19 e o incentivo à promoção da Economia 4.0.

Selecionamos três momentos em que a Pesquisa do IF Baiano foi destaque neste ano de tantos desafios, em que o fazer ciência precisou encontrar novos caminhos. Confira!

  1. O Conif selecionou três projetos do IF Baiano para enfrentamento à pandemia da Covid-19

Em junho, o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) selecionou, entre projetos de Pesquisa e/ou Extensão de toda a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, três projetos do IF Baiano voltados ao enfrentamento da pandemia: Investigação epidemiológica e padronização de método alternativo para detecção do SARS-CoV-2; Desenvolvimento de câmaras de higienização para mãos; e o LibrasInterConect: Interconexão dos profissionais intérpretes de Libras com os profissionais da saúde no atendimento às pessoas surdas e no combate ao novo coronavírus.

Os três projetos encaminhados pelo IF Baiano foram contemplados para receber apoio financeiro do Conif para execução das atividades. O primeiro projeto visa desenvolver um estudo pioneiro sobre a soroepidemiologia de SARS-CoV-2 no município de Itapetinga e adaptar um método alternativo para a detecção da Covid-19, de menor custo e tão eficiente quanto o método padrão recomendado hoje pela Anvisa (o PCR em Tempo Real). O segundo busca desenvolver câmaras automatizadas de higienização para as mãos para auxiliar profissionais de saúde e a comunidade estudantil no combate à Covid-19 nos municípios onde estão localizados os 14 campi do IF Baiano. Já o LibrasInterConect criou um aplicativo para ajudar pessoas surdas a se informarem sobre a Covid-19 e receberem atendimento de saúde, através da conexão com intérpretes de Libras, que podem fazer a tradução entre o profissional de saúde e o paciente surdo.

  • Pesquisas do IF Baiano receberam importantes premiações em 2020

O projeto de pesquisa do Campus Catu sobre o controle de carrapatos em bovinos a partir dos extratos das plantas arruda e neem, das alunas Ana Luiza dos Santos e Ewellin Serafim, orientadas pelos docentes Saulo Luis Capim e Morgana Brasileiro, foi premiado na Exporecerca Jove, na Espanha, em fevereiro, e também na 1° Feira Brasileira de Jovens Cientistas (FBJC), realizada em junho, com o 1º lugar da categoria Ciências Agrárias e ainda o Prêmio de Honra em Educação e Ciências da Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil.

Outro projeto desenvolvido no Campus Catu foi destaque em 2020: “Produção de biomembranas e formulações farmacêuticas a partir do látex da mangaba (Hancornia speciosa) para auxílio na cicatrização de úlceras de perna em portadores do Diabetes mellitus”. Ele foi contemplado em três categorias da FBJC: levou o 1º lugar em Ciências Biológicas e da Saúde, o Prêmio Destaque em Rigor Científico e o Prêmio de Excelência em Pesquisa. E levou ainda o 1° lugar da categoria Ciências da Saúde na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). O projeto foi desenvolvido pelos alunos João Pedro Lima e Ítila Maykely Santos, e orientado pelos professores Saulo Luis Capim, Maurício Pereira e Jane Lima. Orientador dessas duas pesquisas bastante premiadas, o professor Saulo Capim recebeu o prêmio de Professor Destaque da Febrace, tendo concorrido com 10 finalistas de todo o país.

Quem também se destacou na Febrace foi um projeto voltado para tornar possível que uma pessoa com tetraplegia utilize um computador. O TAAPETE, produto da pesquisa, é um dispositivo de tecnologia assistiva de baixo custo que torna essa ação executável a partir de movimentos da cabeça. O projeto, desenvolvido no Campus Valença do IF Baiano, pelo estudante Álvaro Vasques e pelos orientadores e docentes do IF Baiano, Leandro Teixeira e Gustavo Sabry, conquistou o 1° Lugar da categoria Ciências Exatas e da Terra, além do Prêmio Destaque Unidades da Federação, como o melhor projeto do estado da Bahia, e o Prêmio ABRITEC – EICCIE.

  • IF Baiano realiza virtualmente I Congresso de Ensino e Pesquisa

A pesquisa do IF Baiano encerrou o ano de 2020 com um grande evento virtual, realizado entre os dias 15 e 18 de dezembro, que congregou em sua programação 5 eventos simultâneos, palestras, rodas de diálogos e exposições de trabalhos: o I Congresso de Ensino e Pesquisa.

A VII Mostra de Iniciação Científica do Instituto Federal Baiano – MIC esteve dentro da programação e contou com a exposição de 100 pesquisas de Iniciação Científica e 20 de pós-graduação, pesquisas concluídas e em desenvolvimento. A VII MIC premiou 15 trabalhos, em seis categorias.

O evento reuniu educadores, gestores e pesquisadores de renome como Roger Chartier (Collège de France), Adélia Pinheiro (Secti-BA), Tânia Fischer (UFBA / Academia de Ciências da Bahia), Eduardo Sequerra (Instituto do Cérebro/ UFRN), Luiz Almeida (Instituto Questão de Ciência), além do qualificado quadro de pesquisadores do IF Baiano, que discutiu o cenário da Pesquisa na instituição e fez um trabalho de divulgação científica durante os quatro dias de evento.

Confira as tags desta publicação:

Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | CNPJ: 10.724.903/0001-79 | Telefone: (71) 3186-0001
E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br