Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO




PortugueseEnglishSpanishFrenchChinese (Simplified)Japanese

Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
IF Baiano formará órgãos colegiados para a implantação de Política Ambiental
Atualizado em 23 de julho de 2021 às 16h00 | Publicado em 23 de julho de 2021 às 16h00

As inscrições para candidatura aos Núcleos Locais de Gestão de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental estão abertas até 16 de agosto

Compartilhe nas redes sociais:

O IF Baiano está implantando sua Política de Gestão de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental, a Pirapora. Para isso, formará Núcleos Locais de Gestão de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental (NUGEA) e o Comitê Assessor de Políticas Institucionais de Gestão de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental (COGEA). Esses órgãos serão compostos, paritariamente, por docentes, discentes e técnicos administrativos eleitos por seus pares. As inscrições para candidatura aos NUGEAs estão abertas até 16 de agosto. Para se candidatar, basta preencher o formulário do Anexo I do edital, com informações básicas como nome completo, data de nascimento, matrícula, unidade em que exerce atividade e formas de contato.

Os membros dos NUGEAs serão eleitos por votação aberta e virtual em cada unidade da instituição, nos dias 26 e 27 de agosto. Na sequência, os membros eleitos para os NUGEAs deverão eleger, entre si, a composição do COGEA, por maioria simples, no dia 22 de setembro. As comissões eleitorais de cada campus do IF Baiano divulgarão as informações específicas e orientações a respeito do processo eleitoral dos seus Núcleos. Informações gerais sobre o processo eleitoral para os NUGEAs e COGEA estão disponíveis no Edital de Chamamento Público n° 70, de 13 de julho de 2021 (clique aqui e acesse).

Os representantes eleitos para os dois órgãos exercerão funções para a implementação da Pirapora durante o período de 27 de setembro de 2021 até o dia 27 de setembro de 2023. Os NUGEAs e o COGEA visam atender ao que determina a Pirapora, cumprindo os princípios norteadores e os objetivos gerais e específicos da Política. Dentre as demandas a serem executadas, estão a elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e a capacitação de gestores e servidores para educação ambiental, além do desenvolvimento de ações educativas junto à comunidade escolar.

Segundo a docente Adriana Martins, a Pirapora é resultado de um longo percurso iniciado em 2016, a partir da criação do Comitê Assessor de Gestão de Política Institucional de Resíduos Sólidos e Educação Ambiental, do qual ela foi presidente entre 2016 e 2019. “Este comitê minutou a Política e o Regimento próprio e esses documentos foram submetidos à comunidade e à Procuradoria. Em 2018, ao serem submetidos ao CONSUP e ao CEPE, foi solicitada a constituição de uma nova comissão para revisão e adequação a novos documentos legais federais que entraram em vigor após a elaboração da minuta. E, em 2021, após as adequações, a política foi aprovada pelo CONSUP através da Resolução n° 130, de 03 de maio de 2021”, contextualiza a professora, que também compôs a comissão de revisão da Pirapora.

Para a técnica de laboratório, membro suplente da formação inicial do COGEA e da comissão de revisão da Pirapora, Carla Cruz, além da necessidade de cumprimento das obrigações legais, ter uma política de gestão de resíduos sólidos e educação ambiental é de extrema importância para auxiliar e orientar as ações em busca de minimizar os impactos ambientais e sociais causados pelos resíduos gerados pela instituição. “Com a implantação da política na nossa instituição, estaremos contribuindo para a busca do desenvolvimento de uma sociedade cada vez mais justa, ética e moral nos âmbitos sociais e ambientais”, afirma.

Sobre a participação paritária dos estudantes nos NUGEAs e COGEA, o aluno de Zootecnia do Campus Santa Inês Félix Reis, afirma que os discentes têm um olhar especial para as questões do campus, por vivenciarem diariamente a realidade da instituição em contato direto com outros discentes. “Mesmo sabendo que muitas ações são feitas pensando no alunado, nada melhor que escutar a nossa voz, mostrando assim nossos posicionamentos referentes à nossa instituição”, pontua Félix.

Confira as tags desta publicação:

Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | CNPJ: 10.724.903/0001-79 | Telefone: (71) 3186-0001
E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br