Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO




Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
Campi do IF Baiano têm desempenho superior à média nacional no Ideb 2019
Atualizado em 2 de outubro de 2020 às 14:41 horas | Publicado em 2 de outubro de 2020 às 12:47 horas

Índice de Desenvolvimento da Educação Básica é um dos principais indicadores de qualidade da educação no país.

Compartilhe nas redes sociais:

Os sete campi do IF Baiano que apresentaram notas no relatório 2019 do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), na categoria Ensino Médio, obtiveram desempenho superior à média nacional (o Brasil passou de 3,8, em 2017, para 4,2, em 2019) e à média estadual (a Bahia obteve Ideb 3,5 em 2019). Os resultados do Ideb 2019 foram divulgados em 15 de setembro, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os resultados do Ideb 2019 para escola, município, unidade da federação, região e Brasil são calculados a partir do desempenho obtido pelos alunos que participaram do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB 2019) e das taxas de aprovação, calculadas com base nas informações prestadas ao Censo Escolar 2019. 

Notas do IDEB 2019 (Ensino Médio) do IF Baiano

  • Campus Guanambi 5,8
  • Campus Itapetinga  5,5
  • Campus Santa Inês 4,8
  • Campus Senhor do Bonfim 5,4
  • Campus Serrinha 4,8
  • Campus Teixeira de Freitas 5,7
  • Campus Valença 4,6

Impacto institucional

Além da divulgação das médias, são calculadas as metas estabelecidas para cada unidade de agregação (escola, município, etc) para o próximo período – o relatório sai a cada dois anos. Nesse ponto, todos as médias dos campi do IF Baiano (Ensino médio) estiveram acima da meta estipulada para a Bahia, que era de 4,5. E quatro campi (Guanambi, Itapetinga, Senhor do Bonfim e Teixeira de Freitas) ultrapassaram a meta para o Brasil, que era de 5. 

“Os nossos campi que apresentaram resultados no Ideb com uma média geral acima de 5 já estão próximos da meta prevista para 2022”, avaliou o Diretor de Planejamento e Desenvolvimento de Ensino, Estácio Moreira. Segundo ele, o objetivo da instituição para 2022 é alcançar a meta de 6 pontos em todos os campi.

Ideb contribui com avaliação e planejamento das ações de Ensino no IF Baiano.

Segundo o reitor da instituição, Aécio José Duarte, os resultados “evidenciam a natureza diferenciada dos nossos estudantes, que fazem cursos profissionalizantes e, mesmo assim, obtiveram um bom desempenho, como resultado de uma junção dos esforços de todos: qualidade dos docentes, infraestrutura diferenciada das nossas unidades, assistência estudantil, política de permanência e êxito, dentre outros fatores.”

Para o pró-reitor de Ensino do IF Baiano, Ariomar Rodrigues, somam-se a esses fatores o compromisso e a dedicação da comunidade acadêmica. “Essa somatória é o que resulta nos bons índices. E para a nossa comunidade representa um desafio, que é o de crescer cada vez mais. Nosso desafio é continuar melhorando os nossos números.”

Ele acredita que o resultado representa um incentivo a mais para os estudantes da casa. “Isso representa o compromisso dos nossos alunos com a educação que é ofertada e o compromisso que eles têm com o IF Baiano. Isso é muito interessante para futuros alunos porque eles vão se espelhar em nosso Ideb”, destaca o pró-reitor.

Índices de avaliação, como o Ideb, também contribuem com o planejamento de ações de ensino. No IF Baiano, o Ideb é uma das bases utilizadas para a definição de políticas relacionadas ao acesso, permanência e êxito dos estudantes. “Buscamos, cada vez mais, capacitar nossos docentes, revisar nossas propostas pedagógicas e implementar políticas afirmativas como estratégias para aperfeiçoar o processo de aprendizagem, reduzir os índices de evasão, reprovação e oferecer uma educação de qualidade”, ressalta o Diretor de Planejamento e Desenvolvimento de Ensino, Estácio Moreira.

Campi que não apresentaram Ideb 2019 – Sete unidades do IF Baiano não apresentaram média no Ideb 2019. Segundo levantamento da Proen, isso se deve a razões como: ausência de estudantes concluintes de cursos técnicos integrados; número de participantes no SAEB insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ausência de média no SAEB, porque não participou ou não atendeu os requisitos necessários para ter o desempenho calculado; ou, ainda, por solicitação de não divulgação, conforme Portaria Inep. 

Confira as tags desta publicação:

Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | CNPJ: 10.724.903/0001-79 | Telefone: (71) 3186-0001
E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br