Ações de enfrentamento

Conheça as iniciativas dos campi do IF Baiano para o enfrentamento da Covid-19 no estado da Bahia

Atualizado em 06/07/2020

Desde 11 de março, data em que a OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou estado de pandemia causado pela propagação do novo coronavírus, a população brasileira vem buscando se adaptar às medidas preventivas de isolamento e distanciamento social decretadas pelos governos. Boa parte da população está tendo sua rotina e vida afetada, especialmente cidadãos em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Buscando contribuir com o enfrentamento da Covid-19, os campi do IF Baiano estão se mobilizando para ajudar famílias do interior do estado e colaborar com os serviços de profissionais da área da saúde. Ações como produção de máscaras, álcool em gel, sabão, protetores faciais e realização de atividades de integração e apoio emocional, e muitas outras, estão sendo desenvolvidas com o trabalho de técnicos, estudantes, colaboradores, professores e gestores.

Para informar novas ações de enfrentamento da pandemia, a comunidade acadêmia do IF Baiano deve enviar e-mail para comunicacao@ifbaiano.edu.br, informando os principais detalhes sobre a iniciativa. Clique para saber mais.

Conheça as ações mapeadas até o momento:

PRODUÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE MÁSCARAS, PROTETORES FACIAIS, SABÃO, ALCOOL E KITS DE PROTEÇÃO

Produção de Máscaras (Campus Governador Mangabeira)

O campus Governador Mangabeira vem realizando a produção de máscaras de proteção. Além disso, o campus também realiza a entrega de alimentos para a comunidade.

Fabricação de protetores faciais (Campus Guanambi)

Grupo formado por colaboradores do IF Baiano e de outras instituições de educação do município de Guanambi vem produzindo máscaras de equipamentos de proteção individual (EPI), que estão sendo doadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) da região para a utilização de profissionais de saúde. Além do apoio de servidores, o campus também está cedendo a impressora 3D para auxílio na confecção das máscaras.

Produção de álcool glicerinado a 70º GL (Campus Guanambi)

O Campus Guanambi já entregou mais de 200 litros de álcool etílico líquido 70° INPM Glicerinado a serviços de saúde do município e da cidade de Pindaí, localizados na região sudoeste da Bahia. O álcool está sendo produzido por alunos e servidores nos laboratórios do campus e conta com o apoio da prefeitura de ambas as localidades.

Produção de sabão líquido (Campus Santa Inês)

Projeto do Centro de Educação Ambiental (CEA) do Campus Santa Inês está produzindo sabão líquido por meio de restos de óleo de cozinha. Professores e auxiliares de laboratório da unidade, envolvidos no projeto, pretendem produzir cerca de 100 litros de sabão que serão distribuídos em 200 frascos de 500ml a pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, mapeadas com o auxílio da Secretaria de Assistência e Promoção Social do município. Para continuar a ação, o grupo está arrecadando óleo utilizado em fritura e garrafas descartáveis de até 500 ml (garrafas de água mineral, detergente, iogurte, refrigerante e suco). Doações podem ser agendadas através do e-mail: ascom@si.ifbaiano.edu.br.

Confecção de kits de proteção (Campus Santa Inês)

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Microbiologia Geral e Avançada (Nema) está produzindo kits de higiene que estão sendo doados a pessoas em situação social de emergência do município de Santa Inês. O kit contém sabão, álcool e máscaras de proteção, estas fabricadas voluntariamente por uma estudante do campus.

Produção e distribuição de máscaras descartáveis e protetores faciais (Campus Santa Inês)

O Comitê Local de Acompanhamento da Ameaça do Coronations do Campus Santa Inês distribuiu cerca de 625 máscaras descartáveis confeccionadas com Tecido-Não-Tecido (TNT). Os produtos foram entregues às secretarias de saúde dos municípios de Santa Inês, Ubaíra e Jaguaquara, além de uma casa de apoio a idosos que também contou com o recebimento. A ação que visa colaborar com a proteção contra à Covid-19 de profissionais da saúde e integrantes do grupo de risco, colabora também com ações do poder público. O Campus também produziu 25 protetores faciais com materiais recicláveis. Destes, 9 foram destinados à Secretaria de Saúde do Município e 16 a profissionais de saúde da cidade de Cravolândia. O produto foi confeccionado pela professora Claúdia, junto aos alunos Vagner Santana, Tiago Dantas e Diego Santana da Silva, com o objetivo de colaborar com a proteção de servidores da área.

Produção de álcool glicerinado a 80º GL (Campus Senhor do Bonfim)

Campus Senhor do Bonfim é mais uma unidade da instituição a unir forças no combate à Covid-19. O campus tem produzido, através de professores e pesquisadores e junto à prefeitura do município, álcool glicerinado a 80° GL. A intenção é entregar os produtos nas unidades de saúde da cidade. Até o final do mês de abril, haviam sido entregues 30 litros do produto, mas a intenção é atingir a marca de 500 litros.

Produção de sabão líquido (Campus Xique-Xique)

O campus Xique-Xique também é uma das unidades que está realizando a produção de sabão líquido para distribuição a comunidades carentes.

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO

Todos os campi do IF Baiano vem promovendo Lives e outros eventos online, além de utilizar plataformas digitais para integração e realizar ampla divulgação em seus canais e redes sociais de campanhas e questões relacionadas ao enfrentamento da pandemia.

ACOLHIMENTO E ALIMENTOS

Orientação para evitar o desperdício de alimentos (Campi Governador Mangabeira, Santa Inês e Valença)

O Instituto tem desenvolvido, através do Grupo de Pesquisa em Alimentos Tradicionais e Artesanais, atendimentos que visam colaborar com orientações para a produção de pratos culinários e sanar dúvidas em relação aos alimentos que estragam facilmente. A ideia surgiu por conta das grandes perdas de banana em propriedades rurais que acontecem devido as baixas vendas em tempos de pandemia. A partir disso, professores dos campi Mangabeira, Santa Inês e Valença, que integram o grupo de pesquisa e são profissionais da área, decidiram disponibilizar seus contatos pessoais para ajudar a comunidade civil. Qualquer pessoa pode entrar em contato através dos números (75) 9992583057, (73) 982569449, (73) 991562607 e (79) 991025819 e ser atendido.

O Local Reflete no Global – Doação de máscaras e cestas básicas (Campus Bom Jesus da Lapa)

Com uma equipe composta por servidores do Campus Bom Jesus da Lapa e alunos do curso de Engenharia Agronômica, o projeto de extensão “O local reflete no global” desenvolve lives educativas nas redes sociais, campanhas de arrecadação de alimentos e a doação de 2 mil máscaras nas comunidades que compõem a região de abrangência do Campus. A ideia é colaborar com as ações de enfrentamento à pandemia da covid-19.

Parceria em prol da saúde (Campus Itapetinga)

O IF Baiano Campus Itapetinga e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) criaram o projeto HUB, que consiste na união de pessoas da comunidade interna e externa para a execução de ações no combate à Covid-19 no município e entorno. Até o final do último mês, cerca de 190 famílias tinham sido beneficiadas com a entrega de mais de 5 toneladas de alimentos e a distribuição de 250 kg de materiais de higiene pessoal e geral. Além disso, já foram produzidos pelo grupo 200 litros de sabão líquido glicerinado, distribuídos em postos de saúde e locais de grande circulação de pessoas, mais de 1400 litros de álcool antisséptico glicerinado e confecção de mais de 1500 máscaras, entregues à população em feiras livres e unidades de saúde. O projeto também produziu cartilhas, cartazes informativos e realizou 20 horas de campanhas educativas em carros de som em todos os bairros de Itapetinga.

Comida e Saúde em Tempos de Coronavírus (Campus Santa Inês)

A pandemia causada pelo novo coronavírus tem afetado ainda mais a garantia de alguns direitos sociais como o acesso à educação, a saúde e a alimentação. Neste sentido, o projeto “Comida e Saúde em Tempos de Coronavirus”, coordenado pela professora Aline Lima, está organizando uma rede de abastecimento alimentar para 50 famílias em situação de vulnerabilidade em municípios do Vale do Jiquiriçá. O projeto é fruto da articulação do Grupo de Estudos Negros, do Núcleo de Estudos em Questões Agrárias e do IF Baiano Campus Santa Inês, em parceria com a Associação de Amparo à Criança e Adolescente do Vale do Jiquiriçá, a Associação dos Moradores do Corte Peixoto e Bom Jesus e o Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Jiquiriçá.

Doação de cestas básicas e produção de alimentos em casa (Campus Santa Inês)

Sob a coordenação do prof Jadson Luiz Rocha, servidores do Campus fazem doação mensal de cestas básicas (média de 30 cestas) a famílias em situação de vulnerabilidade social, selecionadas pela Secretaria de Ação Social do Município de Santa Inês. Em paralelo, outros professores do campus prestam consultoria on-line de forma gratuita sobre temas ligados à produção doméstica de alimentos que podem ser feitos durante o período de isolamento.

PROEJA em Movimento (Campus Santa Inês)

Com o objetivo de formar uma rede de apoio emocional em tempos de pandemia, promovendo a integração e compartilhamento de ideias, a coordenação, equipe pedagógica e professores do Proeja – Pedagogia da Alternância, do Campus Santa Inês, estão divulgando os trabalhos realizados por estudantes do curso em suas respectivas comunidades, através de uma série de artes e vídeos publicados nas redes sociais.

Campanha de integração nas redes sociais (Campus Serrinha)

Já o Campus Serrinha está compartilhando conteúdos de cunho informativo ou de entretenimento produzidos por servidores, discentes e ex-alunos do instituto nas redes sociais da unidade. O intuito da iniciativa é formar uma rede de apoio emocional em tempos de pandemia, provendo integração e compartilhamento de ideias. Os conteúdos, que podem ser nos formatos de texto, card e vídeo, de até 30 segundos, devem ser enviados para o e-mail comite.covid@serrinha.ifbaiano.edu.br.

Podcast Psicologia Acessível (Campus Teixeira de Freitas)

Os programas do podcast produzido pelo campus Teixeira de Freitas oferecem dicas e conteúdos da Psicologia numa linguagem de fácil entendimento para contribuir no autoconhecimento, na vida cotidiana e no enfrentamento dos desafios da Pandemia.

ARTE E CULTURA

Arte como terapia para tempos de isolamento social (Campus Santa Inês) 

Coordenado pela equipe pedagógica do Campus Santa Inês, o projeto “Espalhe Arte pelo Vale” está coletando e divulgando produções artísticas de estudantes, servidores e moradores do Vale do Jiquiriçá para que seus olhares acerca do mundo sejam compartilhados nesses tempos de isolamento social. A intenção da equipe pedagógica é atingir o maior número de pessoas, considerando o poder da arte quando o assunto é ressignificar. “Nos últimos meses, estamos lidando diariamente com termos como isolamento social, coronavírus, lockdown, pandemia e outros que manifestam profundas mudanças em nosso modo de vida e em nossas relações sociais. Psicologicamente e socialmente somos levados a enfrentar esse contexto ressignificando nosso modo de ver, compreender e sentir o mundo”, explica Alexandre Pitta, um dos coordenadores da ação. 

Projeto Viver Melhor: Campus Serrinha

Através do Projeto Viver Melhor, o campus Serrinha do IF Baiano desenvolve a ação “Mostre sua Arte”, em que estudantes e servidores compartilham vídeos com performances, poesias, apresentações musicais, entre outros. As peças são compartilhadas nas redes sociais do campus.

Arte e saúde mental: projeto Canto de Casa (Campus Teixeira de Freitas)

Visa à promoção de saúde mental a estudantes e seus familiares através da arte, durante a pandemia de COVID-19, oportunizando a exposição de talentos musicais nas redes sociais do campus Teixeira de Freitas.

PESQUISA E INOVAÇÃO

Desenvolvimento de câmaras de higienização para mãos(Campus Catu)

Com a utilização de Arduino, uma plataforma de prototipagem eletrônica de baixo custo (semelhante à placa-mãe de um computador), pesquisadores do Campus Catu do IF Baiano começam a desenvolver câmaras automatizadas de higienização para mãos. A ideia do projeto, também selecionado em edital do Conif, é de construir de 50 a 70 câmaras para auxiliar profissionais de saúde e a comunidade estudantil no combate à Covid-19 nos municípios onde estão localizados os 14 campi do IF Baiano. 

Desenvolvimento de respirador pulmonar de baixo custo (Campus Guanambi)

A necessidade de respiradores para amenizar os impactos da Covid-19 em pacientes testados positivo, a grande demanda por esses aparelhos nos hospitais e os altos valores deles no mercado são algumas justificativas para o desenvolvimento de um protótipo de respirador pulmonar de baixo custo, feito com materiais encontrados em território nacional, por pesquisadores do Campus Guanambi. O projeto, progredido nas etapas de mecânica e eletrônica, e em nível de programação atualmente, é orientado pelo professor Leandro Gonçalves e recebe o incentivo da Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação (Propes) e da Pró-reitoria de Extensão (Proex), contando também com a colaboração de parceiros externos.

Pesquisa e incentivo a práticas preventivas ao novo coronavírus em comunidades rurais (Campus Itaberaba) 

Um dos objetivos do projeto integrado de pesquisa e extensão chamado “Menos é mais: estratégias elementares de enfrentamento à COVID-19 no município de Itaberaba, Bahia” é investigar como os moradores do município de Itaberaba e região estão lidando com a pandemia. Para isso, a equipe do projeto, formada por oito estudantes e servidores do campus, criou um questionário online que avalia fatores como percepção social sobre as consequências da pandemia e conhecimento sobre o vírus. Além disso, a ação envolve a distribuição de máscaras de tecido, álcool gel e folders informativos sobre sintomas, prevenção e esclarecimentos sobre a Covid-19 em comunidades rurais em situação de vulnerabilidade social do município. 

Investigação epidemiológica e método alternativo para detecção do SARS-CoV-2 (Campus Itapetinga)

Docentes e técnicos do Campus Itapetinga, estão desenvolvendo um projeto, que recentemente foi contemplado em edital do Conif e será financiado com recursos da Setec/Mec. A iniciativa tem dois intuitos principais: desenvolver um estudo pioneiro sobre a soroepidemiologia de SARS-CoV-2 no município do médio sudoeste e adaptar um método alternativo para a detecção da Covid-19, de menor custo e tão eficiente quanto o método padrão recomendado hoje pela Anvisa (o PCR em Tempo Real). O Laboratório de Virologia da Universidade Federal da Bahia (ICS-UFBA) é parceiro da iniciativa.  

Mapeamento de casos de COVID-19 (Campus Santa Inês)

O Grupo de Estudos Geografia dos Territórios e Espaços Rurais (Geoter), do Campus Santa Inês do IF Baiano, vem alertando a população baiana acerca da propagação do novo coronavírus com a elaboração do Mapa de Monitoramento de Casos de coronavírus registrados no Estado da Bahia. O levantamento é realizado e divulgado diariamente via redes sociais e tem o intuito de facilitar o acesso aos dados oficiais gerados pelo governo do Estado a respeito dos casos de COVID-19 e colaborar com a antecipação de ações para combater a pandemia. Os mapas elaborados são divulgados, todos os dias, para a população, por meio do perfil do grupo na rede social Instagram (@geoterifbaiano) e compartilhados via e-mail e WhatsApp, acompanhando textos explicativos.

Confecção de suportes de álcool gel com material reciclado (Campus Santa Inês) 

Criatividade e reciclagem em prol da prevenção. Reaproveitando materiais de sucata, servidores e colaborador do Campus Santa Inês confeccionaram três suportes para álcool em gel, que funcionam a partir de um pedal de acionamento. Os suportes foram instalados em setores do campus (almoxarifado, pavilhão administrativo e pavilhão pedagógico) e a ideia é expandir a produção para distribuição em pelo menos mais 14 locais do campus. 

ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO

Melhor atendimento médico para surdos (Campi Alagoinhas, Bom Jesus da Lapa, Catu, Guanambi, Itapetinga, Santa Inês, Teixeira de Freitas, Valença e Uruçuca)

O projeto “LibrasInterConect: Interconexão dos profissionais intérpretes de Libras com os profissionais da saúde no atendimento às Pessoas Surdas e no combate ao novo Coronavírus” tem o intuito de criar uma plataforma unificada de informações que facilite a comunicação entre o usuários surdos e profissionais da saúde. 

Comunicação acessível em Libras durante a pandemia (Campus Alagoinhas, Guanambi, Itapetinga, Santa Inês e Uruçuca)

Contribuir para a mediação das informações sobre o novo coronavírus para a comunidade surda, que tem como língua de domínio a LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). É com esse intuito que o Núcleo de Pessoas com Necessidade Específica (NAPNE) do Campus Uruçuca está desenvolvendo um projeto de extensão para tornar a comunicação mais acessível para pessoas surdas dos municípios de Uruçuca, Ilhéus, Itabuna e região sul da Bahia. A equipe do projeto é formada por servidores do IFBaiano campus Uruçuca, Santa Inês, Guanambi, Alagoinhas e Itapetinga, e colaboradores externos, entre eles, intérpretes de Libras, um professor surdo da UESB e profissionais especialistas da saúde, educação, segurança e tecnologias. Esta equipe vem gravando e divulgando vídeos e janelas de Libras, levando orientações, informações e pronunciamentos oficiais sobre medidas de enfrentamento ao novo coronavírus e, também, vídeos que ensinam sinais específicos em Libras. Outra ação já realizada foi uma live em parceria com a Prefeitura Municipal de Uruçuca sobre ações de enfrentamento diagnóstico epidemiológico da Covid-19.

Lives compartilham conhecimento e inclusão (Campus Serrinha) 

O Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Especiais (Napne) do Campus Serrinha está promovendo lives em seu canal na plataforma YouTube que abordam temas relacionadas a Educação Especial e Inclusão Escolar. O objetivo da ação é compartilhar conhecimento científico e prático a interessados na área. As lives estão ocorrendo às quintas-feiras, às 17h30. A iniciativa tem como público-alvo professores, profissionais da educação e saúde, estudantes Público-Alvo da Educação Especial – PAEE, estudantes de licenciatura, familiares de pessoas PAEE, entre outros interessados no tema. 


Confira o mapa de ações da Rede Federal para o enfrentamento da COVID-19: acesse o mapa.

Print Friendly, PDF & Email

Os comentários estão encerrados.