Projeto do IF Baiano propõe valorização de identidade quilombola

Visita à comunidade quilombola do Jatimane (Nilo Peçanha)
Fortalecer os laços dos membros das comunidades com suas raízes, contribuindo com o processo de seu reconhecimento frente à sua região” está entre os objetivos do projeto “Cozinha Quilombola: resgate de receitas tradicionais em comunidades quilombolas do Baixo Sul da Bahia” sob orientação de Jádson Marques, técnico em assuntos educacionais do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) – CampusValença. 

Com apoio do Programa de Estímulo à Pesquisa Primeiros Projetos do IF Baiano que apoia e estimula a pesquisa científica e tecnológica no Instituto, a ideia para o projeto surge “a partir da observação de o Baixo Sul da Bahia possuirquase cinquenta comunidades quilombolas reconhecidas pela Fundação Palmares e da necessidade de aproximação do IF Baiano dessas comunidades”, explica Marques.

 
Um dos objetivos foi aproveitar os conhecimentos da área de formação (Geografia) para contribuir com a inclusão dos discentes do IF Baiano com a realidade local através da Iniciação Científica”, complementa Jádson ao falar sobre a proposta. Quanto ao impacto, ele ressalta que a aproximação do campuscom as comunidades pode fortalecer o ingresso estudantil e a imagem institucional.
Ao fim do projeto, a equipe espera compartilhar resultados e um livro de receitas com ospratos tradicionais quilombolas (produto do projeto)com outros campido IF Baiano, escolas públicas da região e comunidade.
Objetiva-se investigar aspectos tradicionais da culinária em comunidades, buscando o fortalecimento comunitário através da valorização da identidade e divulgação de aspectos da cultura tradicional regional”
– Jádson Marques, coordenador do projeto –

Equipe:

Orientador: Jádson Fábio de Araújo Marques – Técnico em Assuntos Educacionais

Bolsistas:Dione dos Santos Brito e Gisele Teixeira Andrade

Voluntária: Raianne Barbara Martins Soares da Silva


Fotografia: Jádson Fábio de Araújo Marques (comunidade)e David dos Santos de Jesus (equipe do projeto)

Legenda: Visita à comunidade quilombola do Jatimane, município de Nilo Peçanha, no dia 26 de maio de 2016.
Print Friendly, PDF & Email

2 thoughts to “Projeto do IF Baiano propõe valorização de identidade quilombola”

  1. Valorizar a cultura local é uma forma de fortalecer laços com nossa identidade, promovendo o necessário resgate das tradições que nos trouxeram até aqui.
    Estou feliz com o dinamismo deste Instituto que quer ir além dos seus muros e anseia fazer a diferença.
    Parabéns, Jádson Marques e equipe!

    Prof. Ademário Oliveira

  2. Valorizar a cultura local é uma forma de fortalecer laços com nossa identidade, promovendo o necessário resgate das tradições que nos trouxeram até aqui.
    Estou feliz com o dinamismo deste Instituto que quer ir além dos seus muros e anseia fazer a diferença.
    Parabéns, Jádson Marques e equipe!

    Prof. Ademário Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *