Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO




Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
Covid-19: Campus Santa Inês produz sabão líquido e kits de proteção para doar à comunidade
Atualizado em 20 de abril de 2020 às 15:00 horas | Publicado em 20 de abril de 2020 às 13:18 horas
Compartilhe nas redes sociais:
Share

O Campus Santa Inês do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano) vem atuando em projetos para colaborar com o combate à COVID-19: a produção de sabão líquido e confecção de kits de equipamentos de proteção.

As ações estão sendo desenvolvidas por professores e auxiliares de laboratório da unidade e a produção será distribuída a pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica da região do Vale do Jiquiriçá, onde o campus está localizado.

A ideia surgiu diante do alerta do Ministério da Saúde sobre a importância da higienização das mãos para evitar a propagação do novo coronavírus, causador da doença COVID-19, e da falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) nas prateleiras de supermercados e farmácias.

Sabão líquido

A fabricação de sabão em barra é um projeto que já vinha sendo desenvolvido no Centro de Educação Ambiental (CEA) do Campus Santa Inês por professores e alunos da instituição. Com a necessidade do aumento da produção neste momento de pandemia, o grupo revolveu dar continuidade à proposta, mas dessa vez, produzindo sabão na forma líquida, o qual demora menos tempo para ficar pronto.

O sabão líquido é feito através da mistura de restos de óleo de cozinha com reagentes químicos e fica pronto em até 7 dias, diferentemente do sabão em barra, que demora até 20 dias até chegar ao produto final. A fabricação desse tipo de sabão se deu devido a análise de uma receita da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), de 2014, que indica como fazer o produto.

Atualmente, o grupo vem utilizando materiais próprios para a fabricação e aguardam o resultado de chamada Pró-reitoria de Ensino e Extensão (Proex), à qual o projeto foi submetido para obtenção de recursos. Além disso, estão realizando uma campanha para arrecadação de óleo utilizado em fritura e garrafas descartáveis de até 500 ml (a exemplo de garrafas de água mineral, detergente, iogurte, refrigerante e suco).

As doações podem ser agendadas através do e-mail: ascom@si.ifbaiano.edu.br

Os envolvidos no projeto pretendem produzir cerca de 100 litros de sabão, que serão distribuídos em 200 frascos de 500ml, semanalmente, até os recursos se esgotarem. “A ideia visa garantir às famílias um produto de higienização das mãos, o qual tem sido tão necessário nesse momento. Assim, estaremos colaborando para que essas pessoas e também as demais não sejam contaminadas”, explica a coordenadora do projeto, Adriana Conceição, que também ressalta que todo o processo de produção está obedecendo o pedido de distanciamento recomendado pelas autoridades de saúde.

Produção de kits

Já o projeto de produção de kits de higiene, elaborado por professores e alunos do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Microbiologia Geral e Avançada (Nema), do Campus Santa Inês, também já está submetido a edital e aguarda aprovação. Mesmo esperando o resultado, os envolvidos já têm procurado maneiras de desenvolvê-lo com o apoio da comunidade, a qual tem fornecido materiais por meio de doação.

A professora do IF Baiano e coordenadora do Nema, Lidiane Xisto, explica que os kits conterão sabão, álcool e máscaras, e já estão sendo preparados. A pretensão é produzir o próprio sabão, também com resíduos de óleo de fritura, uma vez que o álcool já foi conseguido por meio de doação e as máscaras estão sendo confeccionadas pela estudante do curso de Ciências Biológicas, Cássia Costa.

A estudante, que mora em Ubaíra, município vizinho a Santa Inês, conta que com a habilidade em costura se disponibilizou a confeccionar as máscaras. “As máscaras são uma barreira física de proteção e estarão sendo doadas para pessoas que não têm condições de comprar uma. Então, isso representa uma contribuição para ajudar as pessoas na proteção à COVID-19”, comenta a estudante concluindo que todo o material usado para a confecção das máscaras foi doado por empresários e pessoas da comunidade civil do seu município.

Entrega dos produtos

As equipes dos projetos pretendem distribuir os produtos nos bairros periféricos do município. Para manter as medidas de distanciamento social, a entrega será feita por meio de drive thru, uma vez que já foi feito o mapeamento das famílias em situação de vulnerabilidade junto a Secretaria de Assistência Social de Santa Inês.

Confira as tags desta publicação:

Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | CNPJ: 10.724.903/0001-79 | Telefone: (71) 3186-0001
E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br