Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO




Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
Pesquisas do IF Baiano da área de química são reconhecidas em evento de jovens cientistas 
Atualizado em 31 de outubro de 2019 às 12:13 horas | Publicado em 30 de outubro de 2019 às 16:59 horas
Compartilhe nas redes sociais:
Share

Estudantes do IF Baiano, Campus Catu, foram reconhecidos por seus projetos de pesquisa na 34° edição da Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia (Mostratec), realizada todos os anos em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. O evento reúne projetos de pesquisa de diversas áreas do conhecimento, realizados por jovens cientistas do ensino médio e da educação profissional técnica de nível médio. A edição de 2019 ocorreu entre 22 a 25 de outubro, reunindo mais de 650 projetos de pesquisa desenvolvidos por jovens de 20 países.

Com o projeto “Produção de biomembranas a partir do látex da mangaba (Hancornia speciosa) para auxílio na cicatrização de úlceras de perna em portadores do Diabetes Mellitus”, os discentes João Pedro Lima e Ítila Maykely Conceição, do curso técnico em Química, conquistaram o segundo lugar na categoria Saúde e Medicina. Eles ainda ganharam credencial para participar da feira de iniciação científica Feciencap, em junho de 2020, no Paraguai.

Orientado pelos docentes do IF Baiano, Saulo Luís Capim, Maurício Pereira, Rosanny Silva, e da docente da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Jane Lima, o projeto pretende desenvolver formulações farmacêuticas (cremes, pomadas e géis, são alguns exemplos), a partir do látex da mangaba para tratar úlceras de perna em pessoas com diabetes. De acordo com o orientador, Saulo Capim, “o estudo já está bem avançado, aos quais foram desenvolvidos testes in vitro com células e testes bactericidas contra cepas de bactéria Pseudonomas aeruginosa. Além de caracterizações físico químicas da estrutura das biomembranas produzidas”.

Também foram premiados por seu projeto de pesquisa, as estudantes Ana Luiza dos Santos, do curso técnico em Alimentos, e Ewellin Serafim, do curso técnico em Química, ambas do Campus Catu. O estudo apresentado, intitulado “Avaliação in vitro do Extrato de Neem (Azadirachta indica) e Arruda (Ruta graveolens) sobre teleóginas de carrapato bovino”, foi premiado em 1° lugar na categoria Ciências Animais e das Plantas.

O estudo, orientado pelos docentes Saulo Capim e Morgana Cardoso, já tem como resultado a criação de um produto com extratos de arruda e neem que tem 92% de eficiência contra teleóginas, carrapatos fêmea, em bovinos. Com a premiação, as jovens cientistas irão participar, em fevereiro de 2020, da XXI Exporecerca Jove, evento científico que será realizado em Barcelona, Espanha.

Confira as tags desta publicação:

Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | CNPJ: 10.724.903/0001-79 | Telefone: (71) 3186-0001
E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br