Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO




Combate ao Coronavírus

ACESSE AQUI
Trabalho de cooperação técnica de professor do Campus Santa Inês tem destaque internacional
Atualizado em 17 de setembro de 2018 às 12:56 horas | Publicado em 17 de setembro de 2018 às 12:56 horas
Compartilhe nas redes sociais:
Share

Xvv-7OrQ

O professor Sílvio Márcio Montenegro Machado, do Curso de Licenciatura em Geografia do Campus Santa Inês, foi destaque no site internacional The Conversation, especializado em Divulgação Científica, com a publicação do artigo “Blood in bio-ethanol: how indigenous peoples’ lives are being destroyed by global agribusiness in Brazil” realizado em parceira com a professora Francesca Fois, pesquisadora da Aberystwyth University do Reino Unido.

O artigo retrata a situação dos povos indígenas diante do crescimento do agronegócio no país e faz parte de uma pesquisa desenvolvida pelo professor Michael Woods, da Aberystwyth University, intitulada “O Campo Global: Mudança Rural e Desenvolvimento na Globalização (GLOBAL – RURAL)”, e financiada pelo Conselho Europeu de Pesquisa. “Um dos principais objetivos dos estudos é fazer um levantamento a respeito dos caminhos da produção de alimentos saudáveis e buscar alternativas para que a produção de commodities no campo não impacte ou destrua as comunidades rurais e o pouco que ainda resta de ambiente preservado do nosso planeta”, explica o professor Machado.

O projeto de pesquisa está dividido em 05 partes ficando a cargo dos professores Sílvio Machado e Francesca Fois a aplicação da metodologia assemblage, desenvolvida no WP1, à análise do envolvimento global diferenciado de comunidades rurais em economias emergentes na África, Ásia e América do Sul. É nesse contexto que o Brasil foi escolhido como estudo de caso.

hiZNT2xw

Uma das regiões do Brasil a ser analisada foi a Centro-Oeste, mais especificamente o sudoeste do Mato Grosso do Sul. “O que foi possível perceber no Mato Grosso do Sul foi o quanto a instalação de Usinas para produção de biocombustíveis tem afetado o meio rural, sobretudo as comunidades indígenas, o que leva a se questionar o quanto de fato essa energia é “limpa”, comenta o professor Machado.

O pesquisador ainda destaca a importância da participação do IF Baiano num trabalho deste porte. “Estamos contribuindo com o desenvolvimento de uma pesquisa internacional e divulgando o nome da instituição internacionalmente. No contexto atual, é mais do que necessário que a Rede Federal seja reconhecida não somente nacionalmente, mas internacionalmente como produtora de conhecimento, no qual se desenvolvem o Ensino, a Pesquisa e a Extensão”.

Os próximos passos do projeto incluem um segundo trabalho de campo no Brasil, desta vez na Bahia, e a publicação dos resultados em revistas científicas nacionais e internacionais.

Confira as tags desta publicação:

Endereço: Rua do Rouxinol, nº 115 – Bairro: Imbuí | Salvador - BA CEP: 41720-052 | CNPJ: 10.724.903/0001-79 | Telefone: (71) 3186-0001
E-mail: gabinete@ifbaiano.edu.br