curso-fic-itaberaba

Cursos FIC: qualificação e novas perspectivas profissionais

Em tempos de retração econômica, manter-se atualizado tem sido fundamental para o trabalhador. Isso vale tanto para quem precisa entrar no mercado de trabalho, quanto para quem que já possui uma colocação. São nesses dois cenários que os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) atuam: ensinam uma ocupação e aprimoram os conhecimentos de profissionais ativos.

Frutos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), os cursos FIC, ou de qualificação profissional, são de curta duração e, conforme o nome indica, são ofertados em duas modalidades. Na Formação Inicial, possuem carga horária mínima de 160 horas e contemplam um conjunto de saberes que habilitam ao exercício profissional. Já os cursos de Formação Continuada aprofundam e atualizam os saberes relativos a uma área profissional dentro de uma carga horária mínima de 12 horas.

Em busca de novas perspectivas, o técnico em informática, Leone Bispo, optou pela formação inicial e concluiu o curso de Preparador de Doces e Conservas ofertado pelo IF Baiano Campus Alagoinhas. “Superou minhas expectativas”, avaliou o aluno, que até então não havia tido contato com a área. “Eu não senti dificuldades mesmo nunca tendo manipulado os produtos. Todas as aulas foram muito satisfatórias e de muito aprendizado com professores capacitados”.

O Instituto Federal Baiano começou a oferecer cursos da modalidade no ano passado, a partir da aprovação da Resolução 62/2016, que regulamenta a oferta nos campi. É responsabilidade da Pró-Reitoria de Extensão orientar a execução dos cursos. “A maioria dos minicursos e oficinas realizados pelos campi ao longo dos anos, reúnem as características de cursos FIC, entretanto, até 2016, não haviam critérios estabelecidos para a oferta desses cursos”, conta a Coordenadora Geral de Qualificação Profissional do IF Baiano, Helena Coura.

Aula do curso FIC de Manejo de Irrigação no Campus Itaberaba.
Aula do curso FIC de Manejo de Irrigação (Campus Itaberaba) Foto: Arquivo/ Equipe Campus Itaberaba

Ao aprimorar determinada técnica que está inserida numa grande área do conhecimento, esses cursos tem o potencial de estimular o aluno a ampliar o know-how através, por exemplo, de um curso técnico. E o inverso também acontece. “O curso funciona muito também para os egressos por que entra no itinerário formativo dos nossos estudantes”, aponta Carlindo Pró-reitor de Extensão do IF Baiano.

Metodologia do ensino

As áreas de oferta dos cursos FIC são, preferencialmente, as que mantém estreita relação com os cursos ofertados pelos campi do IF Baiano. A matriz curricular, no caso dos cursos da Formação Inicial, compreende um núcleo básico e um núcleo tecnológico de conhecimentos.

Outra característica da modalidade é a abordagem do ensino que acentua o foco nas atividades práticas. Carlindo Rodrigues, que é também docente do curso FIC de Operador de Sistemas de Irrigação (Campus Xique-Xique), explica que isso permite, principalmente no caso da Formação Continuada, que aconteça “uma troca de experiência e que o indivíduo que já tem o conhecimento prático venha unir isso com o conhecimento teórico e partilhar com os outros alunos dentro do curso”. Essa forma de passar o conteúdo foi considerada “muito satisfatória” para a aluna Jacqueline Costa. “Material didático muito bom, aulas com data show e momentos de interação aluno e professor”. Ela concluiu o curso de Preparação de Doces e Conservas no Campus Alagoinhas e já se inscreveu para participar de outros ofertados pelo IF Baiano.

Evento de certificação da primeira turma FIC do Campus Alagoinhas Foto: Acervo pessoal / Equipe Campus Alagoinhas
Evento de certificação da primeira turma FIC do Campus Alagoinhas Foto: Acervo pessoal / Equipe Campus Alagoinhas

Na forma de oferta Continuada, são abordados os conhecimentos tecnológicos necessários ao perfil profissional do egresso, buscando contemplar a cultura e as especificidades do território de identidade onde o curso será desenvolvido.

O método de avaliação dos alunos segue uma proposta qualitativa e quantitativa. “Para obter a certificação, o estudante precisa ter uma frequência mínima de 75% e um rendimento mínimo de 70% durante o curso”, esclarece Carlindo.

Quer fazer um curso de FIC no IF Baiano?

A forma de ingressar nos cursos de Formação Inicial e Continuada é por meio de Edital de seleção e entrevista socioeconômica. Para saber se existem cursos com seleção vigente, acesse o site de concursos e seleções do IF Baiano.

 

Saiba mais sobre os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC)

> Servidores do IF Baiano podem propor oferta de cursos FIC 

Print Friendly

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *