Conceito 4: IF Baiano é bem avaliado por equipe externa

conceito4-blog-bem-baiano

Por que o IF Baiano é um bom lugar para estudar? Elismar Oliveira, estudante do 10º semestre da graduação em engenharia agronômica, elogia o Instituto Federal Baiano em vários aspectos: quadro de profissionais qualificados, integração dos conteúdos de forma prática e didática, incentivo aos alunos para desenvolverem pesquisa e extensão através de concessão de bolsas e orientação dos docentes para uma formação do estudante mais habilitada aos anseios da comunidade externa.

(mais…)

Leia Mais

Servidora do IF Baiano reflete sobre o papel da Mulher

O papel de cuidadora, administradora das tarefas do lar, submissa e oprimida pela hierarquia masculina são características ainda sentidas na sociedade, em razão do patriarcado. Até o século XIX, a história das mulheres era relatada por homens. Em 1930, mulheres lutaram pelos direitos políticos, mas só a partir das décadas de 70 e 80, o movimento feministas e de mulheres entram em cena.

Ser mulher, no Brasil, é potencializar a luta contra o patriarcado, categoria fundante da opressão feminina, é não permitir que marcadores de diferença (racismo, sexismo, machismo, lesbofobia, geração, território, classismo) nos segregue”, disse Maria Asenate Franco, assistente social do IF Baiano – Campus Governador Mangabeira e doutoranda em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo, na UFBA.

Nesta entrevista ao Blog Bem Baiano, Asenate comenta sobre o tema, em razão da data comemorativa do dia 8 de março. Ela desenvolve trabalho com mulheres trabalhadoras rurais desde 2013 e, atualmente, estuda sobre violência de gênero contra mulheres trabalhadoras rurais das cidades de Governador Mangabeira e Muritiba, na Bahia. (mais…)

Leia Mais

fotos-oficinas-poc-1-1

Oficinas promovidas pelo Campus Teixeira capacitam e empoderam mulheres no Extremo Sul Baiano

O poder da troca de conhecimentos e da valorização dos saberes foi o ponto de partida para a realização de um projeto, iniciado no IF Baiano Campus Teixeira de Freitas, que está empoderando mulheres de comunidades rurais do extremo sul da Bahia. A iniciativa consiste na realização de oficinas comunitárias para aprendizado de práticas socioprodutivas e disseminação de política territorial.

A ação parece simples: capacitar mulheres em oficinas voltadas para o “modo de fazer”. Mas, vai muito além disso. Através do aprendizado sobre produção de doces e compotas, por exemplo, essas mulheres tem a possibilidade da inclusão socioprodutiva. Dessa forma, o ensino prático aliado à informação, tem um impacto muito significativo: aumento da participação de mulheres nas plenárias e ações do território, fortalecimento de associações rurais, qualificação da produção e comercialização de produtos das comunidades bem como melhoria na integração de mulheres dos municípios do território são alguns dos resultados relatados por quem coordena os trabalhos. (mais…)

Leia Mais

slider10

Licuri: a Caatinga retratada em palavras e imagens

Um livro técnico. Um manual com ciência e muitas histórias contadas. O produto caracterizador do bioma caatinga. O licuri retratado em imagens e palavras. Pesquisadores publicam o “Manual do Licuri” e trazem as relações entre a planta, seus usos, o povo, o cultivo, a conservação, a produção, o acesso, a educação do campo, as festas e as cantorias.

Assim, eles dizem: “A todos, nosso grito de guerra que tem nos impelido: ‘Nós é Nós, Licuri é Coco’, afinal somos também sertanejos e ‘o sertanejo é, antes de tudo, um forte’”. Os autores Aurélio José, Márcio Harrison e Josenaide Alves encerram a apresentação do texto acima na orelha do livro com uma fotografia deles, logo acima, ilustrando sorrisos sob a sombra do licurizeiro nas caatingas de Capim Grosso – BA.

(mais…)

Leia Mais

Consciência Negra: as vozes do IF Baiano

consciencia-negra-blog-1

Comunicação, moda, culinária, música, arte, cultura, justiça, igualdade, educação, uma causa. Tendo como marco o dia 20 de novembro (morte de Zumbi dos Palmares), o mês é de reflexão sobre a posição do negro hoje: ressignificar posições, reconhecer a igualdade, a representatividade, autoestima. Trata-se de saber quem você é.

E foi para te ouvir que o IF Baiano lançou a campanha “Consciência Negra: Vamos ouvir essa voz”, com a participação de personalidades negras da Bahia que reafirmaram a sua posição no mundo, através de trabalho e engajamento em suas áreas de atuação. Participaram da campanha, a cantora Margareth Menezes, a cozinheira Lilian Almeida, a estilista Najara Black, a jornalista Maíra Azevedo, a diretora administrativa do Instituto de Mídia Étnica, Luciane Neves, o ator Pisit Mota, o vereador Silvio Humberto e o publicitário Paulo Rogério.

A voz que o IF Baiano quer ouvir é como nossos estudantes e comunidade exercem, refletem, atuam e promovem sua consciência enquanto cidadão negro, que pode se manifestar de várias formas, seja no cabelo, na roupa, seja na defesa de uma causa. O mais relevante é que independente de qual seja essa voz, ela é uma via de empoderamento, resistência e luta, deixando de lado o lugar-comum e o viés de coadjuvantes para nos colocarmos como personagens principais de nossa própria história”, afirmou Cássia Costa, relações públicas do IF Baiano.

(mais…)

Leia Mais